Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Redundâncias

por Lhuna, em 06.06.13

De como nos encontros te encontro.

E me encontro. A nós. 

Num banco de jardim.

Num banco à beira mar.

Os dois.

De como fomos. De como somos.

De como seremos.

Nestes sonhos inconscientes de um dia nada mais chegar.

De como te vejo em mim ao ver-me em ti.

A nós.

Para nunca voltar.

Para nunca acabar.

Para ser infinitamente tua.

De como em mim, vivo em ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:17


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




"I was never insane except upon ocasions when my heart was touched"
- Edgar Allan Poe


Segmentos Ativos

♦  Aparte Cinematográfico
♦  Gostei e Partilhei