Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Redundâncias

por Lhuna, em 06.06.13

De como nos encontros te encontro.

E me encontro. A nós. 

Num banco de jardim.

Num banco à beira mar.

Os dois.

De como fomos. De como somos.

De como seremos.

Nestes sonhos inconscientes de um dia nada mais chegar.

De como te vejo em mim ao ver-me em ti.

A nós.

Para nunca voltar.

Para nunca acabar.

Para ser infinitamente tua.

De como em mim, vivo em ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


3 comentários

Imagem de perfil

De Sara a 15.06.2013 às 21:39

sem palavras, já nem adianta dizer.
Imagem de perfil

De Sara a 12.07.2013 às 23:03

se faz sequer alguma diferença, fazes falta aqui. sei que não apareces tanto aqui mas enfim, quando leres isto espero que pelo menos fiques feliz por ser esperada. sara.
Imagem de perfil

De Miguel Alexandre Pereira a 13.07.2013 às 18:00

mais um trabalho fantástico, não me canso de ler as pérolas que escreves :)

Comentar post




"I was never insane except upon ocasions when my heart was touched"
- Edgar Allan Poe


Segmentos Ativos

♦  Aparte Cinematográfico
♦  Gostei e Partilhei