Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eclipse

por Lhuna, em 21.01.13

Se a noite cair sobre nós, na penumbra de mais uma lua, segura-me na mão. Nessa noite, não vou ser eu quem proteges. Não vou ser eu quem está a teu lado em silêncio. De olhos fechados e constantes arrepios. Não vou ser eu.
No dia em que deixares que a noite caia sobre nós, vou ser eu a proteger-te. Vou ser eu a teu lado de olhos abertos e firme. Vais ser tu.

Nesse dia, guardo-te em mim para que não te levem como me levaram. E ao cair da noite, acorda-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


12 comentários

Imagem de perfil

De liz collingwood a 22.01.2013 às 01:06

és incrivel para escrever *-*
- olha, desculpa incomodar, adorava saber a tua lista de musica. é que eu deixei o teu blog aberto só para ouvir as musicas, e fiquei "devastada", simplesmente fiquei apaixonada pelas musicas!
Imagem de perfil

De Cláudia a 22.01.2013 às 09:53

Gostei
Sem imagem de perfil

De Marta a 22.01.2013 às 20:21

adorei! tens uma escrita taaaao bonita!
Imagem de perfil

De alma a 22.01.2013 às 21:27

Adorei o texto. Tens muito jeito ! Gostei imenso, mesmo
Imagem de perfil

De Sara a 22.01.2013 às 23:50

e lá estás tu outra vez, a tornar as coisas misteriosas, como se fosse um segredo só teu. e de facto é, mas assim torna as coisas tão... belas, propícias para a minha imaginação. perco-me nos teus textos.
Imagem de perfil

De liz collingwood a 23.01.2013 às 00:24

a sério, gostei imenso :)
pois, dá para perceber. mas de vez em quando, sabe bem. obrigada pela disponibilidade e desculpa de ser chatinha ahahah
Imagem de perfil

De Cris. a 23.01.2013 às 19:07

adorei :*
Sem imagem de perfil

De Lídia a 24.01.2013 às 17:11

Escreves sempre com alma e coração, consigo-me apaixonar nas belas palavras que escreves.
Imagem de perfil

De Sara a 24.01.2013 às 19:58

ahah, nesse dia tu vais perceber que sou uma leitora incondicional do teu blog.
Imagem de perfil

De Sara a 24.01.2013 às 20:04

é triste e realmente ainda tem um efeito pior porque estou sempre a pensar nisso, como é que poderia ser, como é que não. mas sabes, as coisas nem estão mal nem boas, simplesmente não estão. há certos momentos que me esqueço que as coisas não estão muito boas e acredito que está tudo bem. é como querer apagar a luz, quando é ela que te protege contra a escuridão. é este adiamento que eu faço, estou a tentar arranjar coragem para pôr um ponto final há dias, melhor dizendo, há meses. e no fundo também quero que a outra pessoa passe pelo mesmo, é este lado que não gosto em mim. como é que eu posso querer, ainda que por breves momentos, isso?

Comentar post


Pág. 1/2




"I was never insane except upon ocasions when my heart was touched"
- Edgar Allan Poe


Segmentos Ativos

♦  Aparte Cinematográfico
♦  Gostei e Partilhei