Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




é como se

por Lhuna, em 08.12.12

o tempo tivesse apagado cada rasto.
cada toque.
cada tu.
cada eu.
é como se nunca tivesses existido.
é como se

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


15 comentários

Imagem de perfil

De emmi. a 08.12.2012 às 23:47

segui! li inúmeros textos teus e estou completamente fascinada. tens uma escrita tão profunda, harmoniosa, tocante. obrigado, obrigado por escreveres assim e partilhares com o mundo que te lê! acabei com lágrimas nos olhos, parabéns.
Imagem de perfil

De cate a 09.12.2012 às 12:27

como é que alguém pode escrever tão... tão... tão bem?
Imagem de perfil

De G a 09.12.2012 às 13:02

perfeito
Sem imagem de perfil

De Marta a 09.12.2012 às 17:19

adorei e identifiquei-me imenso
Imagem de perfil

De Miguel Alexandre Pereira a 10.12.2012 às 14:19

Brilhante, escreves de forma fantástica. Não me canso de ler os teus textos, muitos parabéns por esse grande talento!
Imagem de perfil

De Sara a 12.12.2012 às 17:30

escuso de dizer aquilo que penso, tu já sabes o que eu acho em relação a ti e a poesia. está em ti. o que tu escreveste aqui está profundo, simples e lindo. e és esta ideia que eu tenho de ti.
Imagem de perfil

De cate a 12.12.2012 às 22:37

ok, como é que consegues escrever tão bem?
Imagem de perfil

De Sara a 12.12.2012 às 23:22

o que eu quero dizer é que não o caso de estar bem escrito, ter um assunto bonito, triste ao mesmo tempo nem pela tu escrita. é mais que isso. eu sei que tu percebes o que eu quero dizer.
oh, que maravilha. fico feliz *-*
não é o facto de não perceber, vês as coisas de maneira diferente, isso é muito bom. é este simplesmente escrevo, que faz com que as coisas que escreves transpirem simplicidade.
muito obrigada, eu adoro ler as descrições, de qualquer coisa. :)
Sem imagem de perfil

De Lídia a 13.12.2012 às 12:44

Obrigada por me disponibilizares a tua playlist, assim que tiver tempo irei ouvir :)
Escreves sempre coisas maravilhosas, impossível não gostar!
Imagem de perfil

De Sara a 13.12.2012 às 17:17

ahaha.
acredito que te sintas assim. eu também tenho saudades de escrever assim, mas mais que isso, ter coisas bonitas para dizer.
é mesmo. parece que nada bate certo. e quando escrevo sai isto que aqui vês.
e eu sei o que este post é porque também o é para mim, é como se...
tenho pena de não andares tanto por aqui.

Comentar post


Pág. 1/2




"I was never insane except upon ocasions when my heart was touched"
- Edgar Allan Poe


Segmentos Ativos

♦  Aparte Cinematográfico
♦  Gostei e Partilhei